+ 55 11 98163-2931

Rota Sul, rede privada de eletropostos de carregadores, é inaugurada

Projeto, que é uma parceria entre a Zletric, Nissan, Movida e Rede SIM, oferece soluções de recarga com conveniência e segurança nas estradas

Cruzar as estradas da Região Sul do país a bordo de um carro elétrico com a tranquilidade de contar com postos de recarga em todo o trajeto já é uma realidade. Isso porque a Zletric, a Nissan, a Movida e a rede de postos SIM inauguraram o Rota Sul, rede privada de eletropostos interligando os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O projeto, que é uma parceria entre as quatro marcas, conta com dez pontos com carregadores rápidos e semirrápidos em locais estratégicos. Todos estão localizados em postos da Rede SIM, o que garante conveniência e segurança, e sempre com uma distância de até 200 km entre eles.

Nesta primeira fase entraram em funcionamento 4 postos rápidos, com 60Kw e conectores Chademo e CCS, nas cidades de São Sebastião do Caí, Gravataí, Caxias do Sul e Três Cachoeiras. E um semirrápido, com 22Kw do Tipo 2, em Laguna. Para acessar os pontos e efetuar a recarga, o motorista deve baixar o aplicativo da Zletric. O aplicativo permite achar pontos de carga, habilitar um carregador utilizando o QR code e ver o histórico de cargas do usuário.

“A experiência que queremos gerar para o usuário é a que ele possa fazer seu deslocamento como fazia com o carro movido a gasolina, sem a preocupação de planejar uma recarga, já que ele poderá usufruir de uma rede interligada, disponível e próxima para carregar seu carro”, afirma Pedro Schaan, CEO da Zletric.

Na segunda fase do projeto, prevista para ser concluída até o fim de novembro, entrarão em operação mais cinco pontos de recarga, sendo um rápido em Gramado, e quatro semirrápidos em Bento Gonçalves, Itajaí, Araquari e Camaquã.

“A inauguração do Rota Sul é mais um importante passo do plano de eletrificação da Nissan no Brasil, que tem o compromisso com o ciclo completo do veículo elétrico no país. Com o projeto, estamos contribuindo com a infraestrutura de recarga, o que é fundamental para dar tranquilidade aos consumidores. Além disso, também seguimos ampliando a rede de concessionárias que vende o Nissan LEAF no Brasil e que hoje já conta com 57 concessionárias em todas as regiões”, conta Ayrton Cousseau, presidente da Nissan Mercosul e diretor geral da Nissan do Brasil.

O investimento do Rota Sul é 100% privado. Como o custo de um carregador rápido é elevado, foi feita essa parceria para a viabilização do projeto no valor de R$ 2,4 milhões.

A Movida, locadora de veículos com a frota mais moderna do Brasil, foi a primeira no setor a avançar na eletrificação de sua frota e disponibilizar carros elétricos, assim como busca promover soluções com alternativas inovadoras e sustentáveis para seus clientes.

“Impulsionar o ecossistema de mobilidade é um dos nossos objetivos e com essa parceria vamos contribuir para aumentar a oferta de infraestrutura de recarga, além de desmistificar e implementar a cultura do carro elétrico no país, incluindo a região sul que abriga mais de 22 lojas da nossa marca”, destaca Francine Marcheto, diretora de Marketing da Movida.

“Facilitar a vida das pessoas em movimento todo o dia. Esse é o nosso propósito com o Rota Sul, pois entendemos que devemos facilitar a mobilidade de nossos clientes, independente da fonte de energia escolhida para se movimentar”, comenta Diego Argenta, diretor superintende de Varejo da SIM.

Conheça as empresas que se uniram para idealizar a Rota Sul:

ZLETRIC:

A Zletric nasceu em 2019 com o objetivo de solucionar o problema de recarga de veículos elétricos e híbridos no Brasil. Desde então, segue na missão de estar presente no maior número de lugares possíveis e proporcionar para os usuários do transporte elétrico maior mobilidade, menor custo e liberdade para transitar.

Recentemente a startup anunciou a fusão com a Ecovagas, primeira rede de carregamentos de veículos elétricos semipública integrada e conectada do Brasil, criada em 2020 em uma parceria entre a Estapar e a EnelX. A fusão resultou no maior player de infraestrutura de carregamento de veículos elétricos do país, com cerca de 500 pontos de recarga em vários estados brasileiros.

MOVIDA:

A MOVIDA é uma empresa de aluguel de carros que oferece soluções inovadoras em mobilidade urbana para todo tipo de necessidade. Pioneira em oferecer serviços como aluguel mensal para pessoa física, wi-fi no carro, pré-pagamento e chatbot nas redes sociais, foi a primeira locadora do país a ir além do carro, ajudando a revolucionar o setor de locação no Brasil. Antenada aos novos tempos, investe em sustentabilidade, sendo a primeira locadora de veículos no mundo, listada em bolsa, a receber a Certificação de Empresa B, fazendo parte de um seleto grupo de companhias que têm como modelo de negócios o desenvolvimento socioambiental. No Brasil, foi a primeira a ter um programa como o Carbon Free, que neutraliza as emissões de CO2 das locações dos seus clientes, e é a locadora com a maior frota de carros elétricos disponíveis para locação.

Desde 2006 no mercado, a Movida foi adquirida em 2013 pela JSL (atualmente faz parte do Gripo Simpar), abriu capital em fevereiro de 2017 e hoje é uma das empresas da SIMPAR. Com perfil inovador aliado a forte governança corporativa, atua tanto no varejo, com aluguel de carros, como no mercado corporativo, com a terceirização de frotas para empresas, além da venda de seminovos. Após diversos investimentos nos últimos quatro anos, conta com uma frota de mais 206 mil veículos, 223 lojas de aluguel de carros e 86 pontos de venda de seminovos. Mais informações no site da Movida: https://www.movida.com.br/.

NISSAN:

A Nissan, uma das maiores fabricantes de veículos do mundo e pioneira na eletrificação global, está presente no Brasil desde 2000 e opera hoje com mais de 180 concessionárias em todos os estados do país. A empresa anunciou recentemente um novo plano de investimentos no valor de até R$ 1,3 bilhão, que se somará aos mais de R$ 2,7 bilhões já investidos no Brasil nos últimos 10 anos.

Desde 2014, a Nissan conta com um moderno Complexo Industrial próprio em Resende, no estado do Rio de Janeiro. Atualmente, esta unidade industrial trabalha em dois turnos e fabrica o Novo Nissan Kicks, além do motor flexfuel 1.6 16V. A Nissan tem cerca de 2.500 funcionários no Brasil.

REDE SIM:

As empresas SIM, fundadas pelos irmãos Neco e Deunir Argenta em 1985, em Flores da Cunha (RS), atualmente tem, no varejo, 157 postos de combustíveis e 4 mil funcionários. É a maior rede varejista de postos e conveniências do país com unidades no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. A SIM chega aos 37 anos com serviços e produtos que vão muito além dos postos de combustível. Visando facilitar a vida das pessoas em movimento todo dia, fornece uma infraestrutura completa para atender às necessidades dos clientes. São lojas de conveniência confortáveis e aconchegantes, um mix  de produtos e serviços para automóveis e trocas de óleo especializadas, fazendo com que a empresa seja uma das marcas mais lembradas e amadas pelos gaúchos. O grande alicerce do negócio são os princípios inegociáveis que conduzem as atitudes das equipes de atendimento que buscam nas relações humanizadas e na agilidade ao servir, além de estruturas impecáveis, o seu forte diferencial competitivo. A SIM é composta pelas empresas SIM Rede de Postos, SIM Distribuidora, Querodiesel, SIM Lubrificantes e Distribuidora Charrua.

Read more

Mais de 10 mil veículos 100% elétricos em circulação

As vendas de veículos leves eletrificados no Brasil tiveram em outubro o terceiro melhor mês da série histórica da ABVE, com 4.460 unidades emplacadas.

Com esses números, as vendas nos dez primeiros meses de 2022 alcançaram um total de 38.663 veículos, superando em 10,5% os 34.990 de todo o ano passado.

O mercado brasileiro de eletrificados deverá fechar 2022 com vendas totais entre 44 mil e 46 mil, o que representará um crescimento em torno de 25% a 31% em relação a 2021.

Em 2022, a evolução das vendas de eletrificados leves no Brasil segue o mesmo ritmo intenso de crescimento que tem caracterizado esse mercado nos últimos três anos.

As vendas de outubro 22 (4.460) só foram superadas pelo recorde do mês anterior, setembro (6.391), e por dezembro de 2021 (4.545). A série histórica da ABVE começa em 2012 (quadro abaixo).

Os veículos eletrificados leves incluem os híbridos (HEV), híbridos plug-in (PHEV) e os elétricos 100% a bateria (BEV). Não incluem ônibus, caminhões e veículos levíssimos elétricos.

BEV

Mas o grande destaque dos dez primeiros meses do ano foram as vendas dos veículos 100% elétricos a bateria (BEV).

Esse segmento chegou a 6.831 unidades emplacadas de janeiro a outubro de 2022 – um aumento de 41,5% sobre o total de veículos BEV de toda a série histórica registrada pela ABVE, de 2012 a 2021 (4.827).

O Brasil já tem uma frota de veículos leves 100% elétricos a bateria de 11.658 unidades até outubro.

Segundo o presidente da ABVE, Adalberto Maluf, esse crescimento reflete a maior confiança dos compradores na diversidade de produtos oferecida pelo mercado e nos investimentos em infraestrutura de recarga pública e semipública.

“Diferentemente da percepção em contrário, o Brasil está avançando, sim, em infraestrutura pública de recarga de veículos elétricos” – disse o presidente da ABVE.

“Pelos cálculos da ABVE, o Brasil já tem mais de 2.800 eletropostos públicos e semipúblicos em operação, afora a rede de recarga privada das concessionárias de veículos elétricos”.

“Deveremos chegar a mais de 3 mil eletropostos públicos e semipúblicos até o final de 2022. E, segundo estimativa dos associados da ABVE, atingiremos a marca de 10 mil em três anos. O fato é que a infraestrutura de recarga está acompanhando a evolução do mercado de veículos elétricos plug-in no Brasil” – concluiu Adalberto Maluf.

EVOLUÇÃO

Os números de outubro de 2022 do mercado de veículos leves eletrificados (4.460 unidades) indicam um crescimento de 60% em relação ao mesmo mês de 2021 (2.787).

Ainda assim, eles caíram 30% em relação aos 6.391 emplacamentos de eletrificados em setembro – mas este mês foi, de longe, o melhor da série histórica apurada pela da ABVE.

O acumulado de vendas de janeiro a outubro de 2022 (38.663) apresenta aumento de 43,51% na comparação com o acumulado no mesmo período de 2021 (26.940).

MERCADO DE ELETRIFICADOS (HEV+PHEV+BEV) NO BRASIL
JANEIRO/OUTUBRO DE 2022 E TOTAL NO ANO

VENDAS DE ELETRIFICADOS POR TECNOLOGIA EM OUTUBRO 2022

VENDAS DE VEÍCULOS LEVES BEV (100% A BATERIA) EM 2022

Em relação a setembro, os BEV tiveram uma retração de 54,93%. Mas quando comparados com outubro/2021 (418), observa-se um aumento de 52,15% nas vendas.

VENDAS DE VEÍCULOS HÍBRIDOS LEVES FLEX NO BRASIL
JAN/OUT 2022

Em relação a setembro, os HEV flex tiveram uma leve retração de 1,23%. Mas quando comparados com outubro/2021 (1.418), observa-se um aumento de 41,26%.

VENDAS DE VEÍCULOS LEVES HEV A GASOLINA/DIESEL NO BRASIL
JAN/OUT 2022

Em relação a setembro, os HEV a gasolina tiveram um aumento de 74,71%.

Quando comparado com outubro/2021 (100), observa-se crescimento exponencial de 791% nesse segmento, o que pode ser atribuído aos novos modelos disponíveis no mercado e a uma maior adesão a este tipo de tecnologia pelos consumidores.

VENDAS DE LEVES HÍBRIDOS PLUG-IN (PHEV) NO BRASIL
JAN/OUT 2022

Em relação a setembro, os PHEVs tiveram uma retração de 61,92%. Mas quando comparados com outubro/2021 (887), observa-se um aumento de 4,85%.

COMERCIAIS LEVES

O mercado de veículos comerciais leves elétricos seguiu em outubro a característica sazonalidade desse segmento, com meses de grande concentração de vendas e meses de baixa demanda.

O destaque desse segmento em outubro é a chegada no Brasil de um novo player no mercado, a Ford, que começa a emplacar os primeiros modelos elétricos do E-Transit, para concorrer com os modelos da BYD, Peugeot, Renault e Citroën.

VENDAS DE VEÍCULOS COMERCIAIS LEVES ELÉTRICOS NO BRASIL
JAN/OUT 22

SÉRIE HISTÓRICA
Vendas de veículos leves eletrificados (HEV + PHEV + BEV); automóveis + comerciais Leves – janeiro 2012/outubro 2022.

FONTE: ABVE DATA/Renavam/Anfavea/Abeifa.
Veículos eletrificados = Veículos Elétricos Híbridos (HEV) + Veículos Elétricos Híbridos Plug-in (PHEV) + Veículos Elétricos 100% a Bateria (BEV); automóveis + comerciais leves + SUV + utilitários. Não inclui ônibus, caminhões e veículos levíssimos elétricos.  

ABVE DATA
Emmanuela Jordão
Arthur Kakuta

Read more

Leia a íntegra da nova Carta da Eletromobilidade

CARTA DA ELETROMOBILIDADE

 Instituto de Engenharia
Associação Brasileira do Veículo Elétrico

São Paulo, 19 de agosto de 2022

 

 

O INSTITUTO DE ENGENHARIA e a ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DO VEÍCULO ELÉTRICO – ABVE realizaram na sede do Instituto, na Avenida Dr. Dante Pazzanese, 120, Vila Mariana, São Paulo, nos dias 28 e 29 de julho de 2022, o 1º DEBATE CONJUNTO: ELETROMOBILIDADE: O BRASIL ESTÁ PREPARADO PARA A GRANDE MUDANÇA?

Read more