Notícia

18/03/2017

A Hamburger Hochbahn AG colocou três novos autocarros elétricos em serviço na cidade de Hamburgo, Alemanha. A cidade já tinha a circular aquilo a que chamamos veículos de carregamento “plug-in”, que usam uma ficha que se encaixa numa tomada, tal como acontece com os carros elétricos. O que estes novos autocarros têm de diferente é o novo sistema de carregamento, quer no veículo, quer na estação de alimentação. Estes estão equipados com uma nova tecnologia que tem mão portuguesa, desenvolvida pelo Centro de Competência para a área dos autocarros elétricos da Siemens Portugal. Esta inovação garante diferentes carregamentos a diferentes equipamentos, ou seja, é compatível com várias marcas e com os vários sistemas. Os novos autocarros, aliados à tecnologia desenvolvida pela Siemens Portugal, conseguem ficar carregados na totalidade em cerca de seis minutos, estando “os três veículos elétricos, que entraram recentemente em serviço, a fazer o serviço normal”, garante, ao Observador, João Santos, responsável de engenharia do departamento de Tecnologia e Inovação para Autocarros Elétricos da Siemens, deixando a indicação de que, portanto, já não se trata de uma fase de testes. Cada terminal da linha 109 da cidade de Hamburgo – onde estão a circular os autocarros e onde estão implementados os carregadores – está equipado com duas estações de carregamento, com uma capacidade de 300 kW cada. Estas estações conseguem fornecer, aos autocarros, energia suficiente para garantir a circulação durante todo o dia. João Santos explica ao Observador que “os autocarros são carregados nas paragens, através do contacto entre um pantógrafo, que está colocado num poste ao lado da estação, e o barramento colocado no tejadilho do veículo”, o que significa que o carregamento é feito sempre numa das estações evitando assim a necessidade de colocarem infraestruturas de energia ao longo do percurso. Por outras palavras, e ao contrário dos elétricos, estes autocarros vão carregando ao longo do percurso.

Fonte - Observador