Notícia

18/03/2017

São Paulo – Você não deve conhecer Weikerui. Nós também não conhecíamos esta pequena fabricante chinesa até o lançamento do Weikerui V7, seu quinto modelo e que não passa de clone descarado do Volkswagen Up!. Na verdade, é um clone do e-Up!: o chinesinho é 100% elétrico e custa 10% do original. Não seria possível fazer um jogo dos sete erros comparando o V7 com o Up!. As pequenas diferenças estão nas maçanetas e nos retrovisores. Até o logotipo da Weikerui lembra o da Volkswagen. Mas o V7 tem faróis que agradam os mais exigentes: tem projetores elípticos e leds embutidos. Weikerui V7 O painel também tem parte pintada na cor da carroceria, mas o console central é diferente. Resolve o problema de falta de espaço para uma central multimídia deslocando o ar-condicionado para baixo. Só reze para não fazer calor: as saídas de ar no topo do console central sumiram. O volante não é igual ao do Up!, mas imita aquele estreado pelo Golf e que hoje está espalhado por quase todos os modelos da Volks. E há dois pequenos botões logo à frente da alavanca de câmbio, um verde (partida?) e um vermelho (destruição?). Não é difícil perceber a baixa qualidade construtiva olhando para as bordas das portas, dos para-choques e do capô. É um carro bastante simples, com baterias de chumbo (mais antigas que as de íon-lítio) armazenadas na frente do carro, onde iria o motor a gasolina. Elas garantem uma otimista autonomia de 100 km para a versão LSEV, com motor de 9,7 cv e que precisa de 10 s para chegar aos 30 km/h – a velocidade máxima é de 40 km/h. Esta versão parte dos 20.000 yuan (R$ 9.000). Weikerui V7 Há uma configuração mais potente, com motor de 11,8 cv, que permite chegar aos 50 km/h. Contudo, precisa dos mesmos 10s para alcançar os 30 km/h. Sua bateria tem autonomia para 120 km que, assim como a versão inferior, precisa de 10 h para ser recarregada em tomada doméstica. O valor sobe para 25.000 yuan (R$ 11.200). A versão mais sofisticada, chamada de EV, não teve informações divulgadas a não ser sua autonomia: 200 km. Seu preço é estimado em 35.000 yuan. Para efeito de comparação, o Volkswagen e-Up! é vendido na China por caros 268.800 yuan (R$ 120.000). Weikerui V7 LSEV em expansão A categoria de veículos elétricos de baixa velocidade (LSEV), que não passam dos 50 km/h, são a nova solução de mobilidade para quem vive em zonas rurais do interior da China. O custo baixo destes veículos atraiu esta população, disparando as vendas no segmento: de 23 mil unidades em 2009, passou a 688 mil em 2015. Tudo isso sem a China ter estabelecido normas técnicas para este tipo de veículo. A previsão é de as vendas dos LSEV alcance os 2 milhões de veículos por ano em 2020.

Fonte - Exame